Capas de disco: artistas que buscam inspiração visual nas trevas

Os ábuns de heavy metal têm nas capas uma atração à parte. É dos poucos gêneros musicais que se preocupam com o que será estampado na cara do CD, LP, DVD etc.  No lugar do retrato óbvio dos integrantes da banda, muitas vezes em poses constrangedoras, opta-se por usar a ilustração de um artista. A imagem reproduz o clima do disco, bota o mascote do grupo em ação ou conta uma história. Três caras tornaram-se célebres por esse trabalho, saiba mais abaixo.

Desenho do artista Vince Locke para capa do disco "Torture", do Cannibal Corpse
Desenho de Vince Locke para o disco “Torture”, do Cannibal Corpse

Vince Locke

Sua HQ “A History of Violence”, feita com o escritor John Wagner, inspirou o ótimo filme “Marcas da Violência” (2005), do canadense David Cronenberg. Locke é mais escatológico nos traços, adora explorar as tripas para gerar efeito visual e mostrar humanos em decomposição. Fez com o grupo de death metal Cannibal Corpse uma parceria seminal, que ajudou a criar a identidade visual do gênero. As capas de “Butchered at Birth”, “Tomb of the Mutilated” e “The Wretched Spawn”, entre outras, são de Locke.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

H.R. Giger

O lendário alien de Ridley Scott foi desenhado por Giger, que recebeu um Oscar de efeitos visuais em 1980 pelo trabalho. O artista suíço combina seres sobrenaturais com um toque futurista, dando às obras tons mais escuros. É de sua autoria a capa de “Heartwork”, da banda inglesa Carcass, “To Mega Therion”, do Celtic Frost, e, indo mais para o rock progressivo, a de “Brain Salad Surgery”, do Emerson Lake and Palmer.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ed Repka

O artista americano foi um dos primeiros a criar desenhos apocalípticos para ilustrar capas de discos. Seu trabalho com o Megadeth –ele inclusive ajudou a desenhar o mascote da banda– é marcante. Cores vibrantes retratam criaturas esqueléticas e zumbis no comando de um mundo destroçado, como se tudo se passasse após um desastre nuclear. Os traços de Repka são aterrorizantes e divertidos ao mesmo tempo, semelhantes ao que se vê nas HQs. Ele já foi requisitado por bandas como Nuclear Assault, Napalm e Death.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

3 comentários sobre “Capas de disco: artistas que buscam inspiração visual nas trevas

  1. gilson setembro 2, 2017 / 9:40 pm

    quanto ele deve cobrar por um trabalho de ilustração de Ed Repka para um disco

  2. celso ernesto masini maio 2, 2014 / 10:55 am

    Impressionante !!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s