O pior cineasta de todos os tempos

Edward Wood Jr., mais conhecido como Ed Wood, foi quem recebeu a honraria acima. Nada mais justo. De tão toscos, seus filmes ganharam o status de cult e passaram a ser venerados por entusiastas do lado B. Wood foi criado pela mãe como uma mulher, depois tomou gosto pela indumentária feminina e virou um cross dresser (assim como o nosso querido Laerte).

glen or glenda

Conta-se que o diretor usava calcinhas e sutiã por baixo do uniforme militar ao servir na Segunda Guerra Mundial. Tim Burton ajudou a imortalizá-lo ao lançar em 1994 o filme “Ed Wood”, com Johnny Deep no papel do filmografado. Sua produção teve mais volume nos anos 1950, quando dirigiu “A Noiva do Monstro” (1955), sobre um polvo gigante que amedronta uma cidade do interior dos EUA, e o autobiográfico “Glen or Glenda” (1953, foto acima), que retrata a dança volátil dos gêneros.

Para ver esses e outros filmes de Wood, a Caixa Cultural (SP) montou uma mostra bacana dedicada ao autor, que vai de 16 a 30 de agosto. Vale conferir!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s